Biblioteca Parque Estadual, no Rio, é reinaugurada em prédio moderno e cheio de novidades

Para aqueles que querem ir a Biblioteca mas não sabem em qual ir, fica a dica! Pertinho da Central do Brasil.
🙂
Aproveitem o recesso!

Sobre fadas e ogros

A Biblioteca Parque Estadual (BPE), localizada no Rio de Janeiro, foi inaugurada em 1873 por Dom Pedro II. O prédio passou por uma reforma de seis anos e foi devolvido mais amplo e moderno ao público neste sábado, 29 de março. Agora a biblioteca passa a ser a matriz da rede de Bibliotecas Parque que o Governo do Rio de Janeiro está implantando no estado, da qual já fazem parte a Biblioteca Parque de Manguinhos, a Biblioteca Pública de Niterói e a Biblioteca Parque da Rocinha.

O projeto de reforma, assinado pela arquiteta Bel Lobo, oferece o conforto ideal para fazer da biblioteca um local não apenas um local de leitura e estudos, mas também de lazer, entretenimento, encontros, bem como de criação e produção cultural.

O acervo inicial contará com cerca de 90 mil livros e a biblioteca promete abrigar até 200 mil livros em seu pleno funcionamento. A…

Ver o post original 124 mais palavras

Anúncios

Animação: “As pirâmides do Egito”

Para descontrair, uma animação onde podemos ver uma teoria engraçadas sobre a misteriosa descoberta arqueológica das pirâmides do Cairo em 1920.

Copyright Supinfocom Arles / MuCEM / Tu Nous ZA Pas Vus Productions – 2013

Dirigida por Corentin Charron, Lise Corriol, Olivier Lafay, Nicolas Mrikhi

Músicas de Kalina Świątnicka

Esta animação é da exposição permanente “Maravilhas do Mundo” (Merveilles du Monde), da Galeria Mediterrâneo do MuCEM (Museu das Civilizações da Europa e do Mediterrâneo).

Saiba mais nos links:
http://www.onectin.fr
http://www.nicojak.com
http://www.lafayolivier.com
http://lisecorriol.wix.com/lise

Ou visite a página do MuCEM : http://www.mucem.org

Animação: “Tolerantia”, curta animado de Ivan Ramadan

Para aqueles que querem ver de novo a animação sobre Tolerância, segue o vídeo!

A animação em 3D foi produzido na Bosnia e Herzegovina em 2008 e nomeada para melhor curta europeu no “European Film Academy 2008”, junto com outros 8 curtas animados, incluindo o vencedor do premio, “Heart of Sarajevo”.

A direção, animação e sonorização são de  Ivan Ramadan.

Comentem! 🙂

Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes

Análise interessante via Demografia Unicamp.

Demografia Unicamp

Esta é a Ana.

Ana é parte da Geração Y, a geração de jovens nascidos entre o fim da década de 1970 e a metade da década de 1990. Ela também faz parte da cultura Yuppie, que representa uma grande parte da geração Y.

“Yuppie” é uma derivação da sigla “YUP”, expressão inglesa que significa “Young Urban Professional”, ou seja, Jovem Profissional Urbano. É usado para referir-se a jovens profissionais entre os 20 e os 40 anos de idade, geralmente de situação financeira intermediária entre a classe média e a classe alta. Os yuppies em geral possuem formação universitária, trabalham em suas profissões de formação e seguem as últimas tendências da moda. – Wikipedia

Eu dou um nome para yuppies da geração Y — costumo chamá-los de “Yuppies Especiais e Protagonistas da Geração Y”, ou “GYPSY” (Gen Y Protagonists & Special Yuppies). Um GYPSY é um tipo especial de…

Ver o post original 1.588 mais palavras

Como a desigualdade social explica o videogame de R$ 4 mil

Reflexão interessante sobre a desigualdade social no Brasil, no blog Aleatório, Eventual & Livre.

Um Pouco de Prosa

Um texto de uma frase no blog do Playstation no Brasil desencadeou uma reação em cadeia nas redes sociais: como é possível que um videogame de 400 dólares nos EUA custe R$ 4 mil no Brasil? Nem mesmo a justificativa padrão dos empresários, de que “os impostos são muito altos no Brasil”, é capaz de justificar um preço que é quase o dobro do preço do concorrente direto.

Para começar, é conveniente fazer um cálculo direto, considerando que o valor do console nos EUA já tem embutido em si uma margem razoável de lucro. São 400 dólares no videogame. Normalmente, o governo cobra uma alíquota de 60% na importação sobre o preço original, elevando o valor do produto para US$ 400 + (60% x US$ 400) = US$ 640. Além disso, podemos inserir, sendo muito generosos, um custo de 10% do valor total do produto, já com impostos para serviços…

Ver o post original 855 mais palavras

Fotos Post-Mortem: o bizarro álbum dos mortos

Costumes de antigamente… fotos com pessoas mortas.

CADÊ MEU WHISKEY?

Se tem um assunto que causa dúvidas e gera certo mistério é a morte. E existem diversas maneiras de se lidar com o assunto, especialmente quando ela chega a alguém próximo. Em nossa cultura atual  rituais como velório e enterro são mais do que comuns, e sabemos que todos nós passaremos por isso um dia. Mas há muitos anos existia uma outra maneira de se homenagear os mortos.  Eu mesma só tomei conhecimento do assunto quando assisti ao filme Os Outros, que aborda o tema. Confesso que achei medonho e bastante bizarro, mas também um tanto quanto curioso.

Ver o post original 386 mais palavras

Período Homérico [Sexto Ano]

Alunos do sexto ano, estudemos a Grécia Antiga.

Muitas das informações que temos sobre o Período Homérico (XII a VIII a.C.) são encontradas nas duas obras do poeta Homero, a Ilíada e a Odisséia. Por serem essas as principais fontes históricas deste período, ele recebeu o nome de Período Homérico.

Continuar lendo