O feminismo e a sororidade em Malévola

Contos de fadas e as mudanças através do tempo. Artigo interessante! 🙂

Sobre fadas e ogros

Nos últimos meses, a estreia de Malévola provocou grande expectativa entre os fãs de cinema. O filme, produzido e protagonizado pela estrela Angelina Jolie, prometia mostrar a verdadeira história de uma das maiores e mais marcantes vilãs do universo Disney. O material publicitário que chegava ao público anunciava uma personagem tremendamente assustadora, com seus ossos salientes no rosto, vestimentas pretas, chifres imponentes e um enorme par de asas negras, remetendo ao Mefistófeles interpretado por Emil Jannings na obra-prima do Expressionismo Alemão, Fausto.

Mas não é esse o rumo que a história toma. Malévola é uma fada boa que vive em harmonia com os seres de seu reino; já o reino vizinho, formado por humanos, é hostil. Ela conhece Stefan, um menino do reino dos homens, e por ele nutre uma longa paixão. Um dia, o rei oferece a coroa em troca do extermínio de Malévola e, claro, Stefan é…

Ver o post original 731 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s