A cura através dos alimentos a 30.000 anos

Uma equipe internacional de investigadores de Universidade Independente de Barcelona (Espanha) e da Universidade de York (Reino Unido), forneceu a primeira evidência molecular de que os homens de neandertal ((Homo Neanderthalensis) comiam uma variedade grande de alimentos vegetais cozidos e sabiam também seus valores nutricionais e qualidades medicinais. Continuar lendo

Caverna na Namíbia revela registros antigos de animais domésticos

Explorando uma caverna da Namíbia, arqueólogos encontraram as evidências mais antigas de animais domesticados na África subsaariana.

A caverna, que fica na região noroeste do país, contém ferramentas de pedra e ossos, contas e pingentes, pedaços de cerâmica e ossos de vários animais – galinha, avestruz, lagarto-monitor, tartaruga, impala, damão-do-cabo e diversos roedores.

Os pesquisadores também descobriram dois dentes que podem ser de cabra ou carneiro – eles estão gastos demais para permitir a diferenciação, mas o formato condiz com dentes de cabras e carneiros domésticos africanos da atualidade. Atualmente, não existem carneiros ou cabras selvagens na África subsaariana. Embora algumas espécies selvagens talvez tenham sido extintas há aproximadamente 12 mil anos, não há evidências de sua presença na região oeste do continente. Os pesquisadores estão certos de que os restos mortais encontrados pertencem a animais domésticos.

Os dentes têm 2.190 e 2.270 anos. Os restos mortais mais antigos até agora, datados por radiocarbono, são de um carneiro de 2.105 anos descoberto na África do sul.

O estudo é uma colaboração entre o Museu Nacional da Namíbia e o Museu de História Natural de Paris e está publicado no periódico PLoS One. Principal autor do estudo e professor adjunto do museu parisiense, David Pleurdeau afirmou que a descoberta não significa necessariamente que a população que morava próximo a esse sítio criava animais domésticos.

“Não há evidências na caverna de que os residentes eram pastores”, afirmou. “Não sabemos ainda se eles eram pastores que migraram para a região ou um grupo local que introduziu alguns carneiros.”

Fonte:http://www.anda.jor.br/31/07/2012/caverna-revela-registros-antigos-de-animais-domesticos

Video: A História Completa da União Soviética aos olhos de um humilde trabalhador, no arranjo musical do jogo Tetris

Clipe musical da banda londrina “Pig with the face of a Boy” que explica a história da União Soviética, a partir da visão de um humilde trabalhador russo, em apenas 6 minutos! A melodia é a do jogo Tetris! Muito legal!


“Os londrinos da banda “Pig with the face of a Boy” criaram uma letra absurdamente educativa e conveniente para a musiquinha cativante do jogo Tetris. A música conta a história da União Soviética, começando bem calma e falando do sonho de uma Rússia comunista, passando por todas suas fases aumentando o ritmo até que chega nos dias atuais.

Curiosidade I: o próprio jogo Tetris (que se trata de encaixar blocos que caem do topo da tela e marcar pontos formando linhas horizontais.) foi criado na antiga União Soviética e hoje embora ainda produzido pela Nintendo, não é direito da própria, nem da Rússia, nem dos próprios criadores (Alexey Pajitnov, Dmitry Pavlovsky e Vadim Gerasimos ) já que não poderiam visar lucro na antiga URSS.
Curiosidade II: O tema de Tetris é uma música do folclore russo chamada Korobeiniki, e em sua letra original conta a história de um vendedor e uma menina. Porém ela ficou mais conhecida no mundo por ser o tema do jogo.”

Fonte: http://www.gafanhotoverde.com/2010/08/historia-completa-da-urss-em-tetris.html

Documentário: “O Povo Brasileiro”

Prezados alunos.

Documentário “O Povo Brasileiro”, dividido em 10 partes no youtube. Vale a pena assistir para ajudar nas pesquisas para a Feira Cultural, que ocorrerá dia 22 de agosto de 2012!

Segundo a descrição do Youtube, “O Povo Brasileiro é uma obra do antropólogo Darcy Ribeiro, lançada em 1995, que aborda a história da formação do povo brasileiro, sua origem mestiça e a singularidade do sincretismo cultural que dela resultou. Com imagens captadas em todo o Brasil, material de arquivo raro e depoimentos, a série é um programa indispensável para educadores, estudantes e todos os interessados em conhecer um pouco mais sobre o nosso país.” Continuar lendo