Vídeo: A Rota do Escravo – A Alma da Resistência

O documentário “A Rota do Escravo – A Alma da Resistência” conta a história do comércio de seres humanos através das vozes de escravos, mas também dos mestres e comerciantes de escravos. Foi produzido pela UNESCO e legendado pela UNIC Rio.

Confira!

Anúncios

Vídeo: Uma História de Amor e Fúria

Esta animação brasileira é um longa metragem que acompanha a vida de um homem (Selton Mello) com quase 600 anos de idade e, de quebra, apresenta vários acontecimentos da História do Brasil vividas pelo personagem.
Enquanto procura a sua amada Janaína (Camila Pitanga) pelo tempo, enfrenta batalhas entre tupinambás e tupiniquins, antes dos portugueses chegarem ao país, luta na Balaiada, assim como faz parte do movimento de resistência contra a ditadura militar.
O filme, que apresenta alguns elementos que muitos de vocês irão reconhecer, como milícias que dominam as comunidades e a guerra pela água, termina com a guerra pela água no ano de 2096.
Para quem não conseguiu ver, segue o link para o vídeo no youtube.

100 ANOS DA GRANDE GUERRA

Podcasts são arquivos de áudio que podem, entre outras funções, trazer conteúdos interessantes para estudar e conhecer outros assuntos.

Este podcast que estou reblogando é um curso que está disponível no blog História Online sobre os 100 anos da I Guerra Mundial. Quem quiser pode fazer o download e escutar em outro momento, sem precisar da internet.

Os Bandeirantes: links e leituras

O blog estava sem atualizações fazia algum tempo. Tendo em vista que o número de seguidores está aumentando e estou precisando compartilhar conteúdos, inicia-se uma nova fase neste blog. Hoje trago alguns links interessantes sobre o assunto das Bandeiras e os Bandeirantes.

1. Como os bandeirantes paulistas destruíram o Quilombo dos Palmares e mataram Zumbi

guerradospalmares

Leia mais aqui: http://socialistamorena.cartacapital.com.br/como-os-bandeirantes-paulistas-destruiram-o-quilombo-dos-palmares/
2. História de São Paulo: Os Bandeirantes

Leia mais aqui:  https://historiadesaopaulo.wordpress.com/bandeirantes/

3.  Os Bandeirantes: Heróis e Vilões

Leia mais aqui: http://historiamaneco.blogspot.com.br/2011/05/o-brasil-dos-bandeirantes.html

Biblioteca Parque Estadual, no Rio, é reinaugurada em prédio moderno e cheio de novidades

Para aqueles que querem ir a Biblioteca mas não sabem em qual ir, fica a dica! Pertinho da Central do Brasil.
🙂
Aproveitem o recesso!

Sobre fadas e ogros

A Biblioteca Parque Estadual (BPE), localizada no Rio de Janeiro, foi inaugurada em 1873 por Dom Pedro II. O prédio passou por uma reforma de seis anos e foi devolvido mais amplo e moderno ao público neste sábado, 29 de março. Agora a biblioteca passa a ser a matriz da rede de Bibliotecas Parque que o Governo do Rio de Janeiro está implantando no estado, da qual já fazem parte a Biblioteca Parque de Manguinhos, a Biblioteca Pública de Niterói e a Biblioteca Parque da Rocinha.

O projeto de reforma, assinado pela arquiteta Bel Lobo, oferece o conforto ideal para fazer da biblioteca um local não apenas um local de leitura e estudos, mas também de lazer, entretenimento, encontros, bem como de criação e produção cultural.

O acervo inicial contará com cerca de 90 mil livros e a biblioteca promete abrigar até 200 mil livros em seu pleno funcionamento. A…

Ver o post original 124 mais palavras

O feminismo e a sororidade em Malévola

Contos de fadas e as mudanças através do tempo. Artigo interessante! 🙂

Sobre fadas e ogros

Nos últimos meses, a estreia de Malévola provocou grande expectativa entre os fãs de cinema. O filme, produzido e protagonizado pela estrela Angelina Jolie, prometia mostrar a verdadeira história de uma das maiores e mais marcantes vilãs do universo Disney. O material publicitário que chegava ao público anunciava uma personagem tremendamente assustadora, com seus ossos salientes no rosto, vestimentas pretas, chifres imponentes e um enorme par de asas negras, remetendo ao Mefistófeles interpretado por Emil Jannings na obra-prima do Expressionismo Alemão, Fausto.

Mas não é esse o rumo que a história toma. Malévola é uma fada boa que vive em harmonia com os seres de seu reino; já o reino vizinho, formado por humanos, é hostil. Ela conhece Stefan, um menino do reino dos homens, e por ele nutre uma longa paixão. Um dia, o rei oferece a coroa em troca do extermínio de Malévola e, claro, Stefan é…

Ver o post original 731 mais palavras

Sobre verdades e óvulos

Texto baseado em uma parte do artigo “The egg and the sperm: how science has constructed a romance based on stereotypical male-female roles”, de Emily Martin, 1991.

PECEP

por: Luísa Alves

“O espermatozoide penetra no óvulo, ocorrendo a fecundação.”

fecundaçao Legenda original: “Fecundação do óvulo por um espermatozoide”. Fonte: http://tele-fe.com

Frases semelhantes a essa são frequentemente encontradas em livros didáticos, sites na internet ou até mesmo em artigos científicos. E o que tem de errado nelas? Ora, é a ciência que diz ser assim, então deve ser, não? Bom… não necessariamente. Cientistas são pessoas, seres humanos, Homo sapiens e, como tais, possuem cultura, possuem contexto. Essa cultura influencia a forma de cada um ver o mundo e, portanto, de fazer ciência. Seguindo essa linha, os resultados das pesquisas científicas não são fatos verdadeiros e universais, mas sim interpretações que os cientistas fazem do mundo: elas dependem dos métodos de pesquisa utilizados, do contexto em que a pesquisa é feita, da história de vida dos cientistas, dos interesses da sociedade na pesquisa e por aí segue a enorme lista de…

Ver o post original 488 mais palavras

O Veneno Está na Mesa 2

Dica de vídeo!

blog Tudo Sobre Plantas

Direção: Silvio Tendler

Após impactar o Brasil mostrando as perversas consequências do uso de agrotóxicos em O Veneno está na Mesa, o diretor Sílvio Tendler apresenta no segundo filme uma nova perspectiva. O Veneno Está Na Mesa 2 atualiza e avança na abordagem do modelo agrícola nacional atual e de suas consequências para a saúde pública. O filme apresenta experiências agroecológicas empreendidas em todo o Brasil, mostrando a existência de alternativas viáveis de produção de alimentos saudáveis, que respeitam a natureza, os trabalhadores rurais e os consumidores.

Com este documentário, vem a certeza de que o país precisar tomar um posicionamento diante do dilema que se apresenta: Em qual mundo queremos viver? O mundo envenenado do agronegócio ou da liberdade e da diversidade agroecológica?

Realização: Caliban Cinema e Conteúdo

Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida
Fiocruz
Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Bem Te Vi
Cineclube Crisantempo

Ver o post original